quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Telenovelas político/desportivas

Dois assuntos, duas telenovelas.

Por um lado é deprimente o desenvolvimento novelesco efectuado nos últimos dias e horas sobre o orçamento de estado 2010. Impressionante o numero de canais televisivos e não só, que constantemente acompanharam, desenvolveram e comentaram o tema. E para quê ? O resultado final é sempre o mesmo, permanentemente previsível…

E… Com não sei quantos meses para apresentar o orçamento do estado, não é que o respectivo Ministro só o entregou nos últimos minutos (quase segundos) do limite do prazo para entrega ? …

E depois ainda há gente que se admira que os portugueses deixam tudo para a última hora! Ora bolas, os exemplos vêm sempre de cima !…

Para além disto, como de costume, os resultados finais são sempre um espanto, ou seja, propostas de redução do poder de compra, de não subida de salários, promessas de redução do défice e de subida do PIB, propostas que tipicamente e usualmente nunca saem goradas no final dos mandatos !!!

Outra novela, Pinto de Costa e os Túneis…

Depois das escutas, das imagens dos túneis, etc, etc e tal, não é que agora um pseudo jogador com nome de herói de telenovela (Ruben Micael?), após vários meses passados do acontecimento relatado (26 de Outubro), e só após integrar o plantel do F.C.Porto (mas que coincidência!!!), vem denunciar que alguém do Benfica lhe pôs dois dedos encostados à cara ?… Coitadito, mas que maldade !!!

Não sei porquê, mas esta conversa me faz relembrar e relacionar este assunto com a escuta recentemente denunciada entre Pinto da Costa e Deco…
Bom! Realmente, para que servem os empregados, senão para obedecer às ordens e genialidades dos patrões ?!
.

9 comentários:

Atena disse...

Bom, como de futebol, não percebo nada - só sei mesmo é dizer: VIVÓ BENFICA - vou apenas comentar a primeira parte do post.
Sou mesmo, mesmo ingénua! Ora não é que eu estava à espera que nos viessem dizer que iam acabar com os "trezentos mil serviços" do estado que ninguém entende, cheios de presidentes, directores subdirectores, etç...; que iam acabar com os acessores e mais acessores e sub-acessores que são demasiado dispendiosos para o erário publico; que iam acabar com as cem mil empresas municipais que existem para prestar serviços que não se percebe porque é que os proprios municipios não incorporam; que iam reduzir os vencimentos dos cargos mais altos em 30% porque não estamos num país onde os mesmo se possam pagar... e por aí fora (and so on, and so on)!!! Senti-me muitíssimo estupida, porque não ouvi nada que me pareça ir alterar substancialmente o rumo que tomamos para um precipício cada vez mais próximo, nem me parece que o problema da crise esteja nos salários da função publica, and so on, and so on...
Sinto-me muitíssimo estupida mesmo, porque dada a atenção mediática, as reuniões dos partidos opositores para chegar a um concenso, porque a grave crise impunha medidas severas... a "montanha pariu um rato" que ainda por cima está condenado à morte!!! Ou estareí a ver mal a coisa?

Fê-blue bird disse...

Tal como a minha amiga Atena, também sou ingénua :)
De novelas tal como de futebol não percebo nada, de políticos não consigo perceber o que se não se percebe.
Bem... já estou baralhada!
De uma coisa tenho a certeza, estas novelas a que se refere, vão acabar da mesma maneira ( sem se perceber )
Um abraço.

Miguel disse...

Duas telenovelas de mau gosto, daquelas em que os maus parece que nunca são castigados e que não há maneira de lhes vermos o final. De semelhante com as outras só o final, há muito tempo previsível apesar de tantas voltas que o enredo dá. Não hão-de as duas andarem a perder audiências, o futebol e a política!...

FMF disse...

Digam lá que não é excitante viver num país assim...

Anira the Cat disse...

Pensaste o mesmo que eu, quando ouvi essa história do túnel... há coincidências fantásticas, não há?

Bjokas

Fabiana Gomes disse...

Que que se hade fazer !

Bloguótico disse...

Quanto ao OE, é como dizes: é típico deixar-se tudo para a última! É tuga e pronto... mesmo na política!!

No que toca ao novo reforço do FCP diria que já justificou a contratação! Há poucos dias na "escola" e já aprendeu a "lição"!!!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

de futebolnão falo,porque sou portista. Quanto ao orçamento, é mais do mesmo. Quem trabalha que pague a crise...

Tite disse...

Amigo,

Como Secretária que fui... acho absolutamente possível acontecer uma situação como aquela que obrigou o Ministro a entregar o orçamento com tamanho atraso.
Há imprevistos que levam a situações como aquelas e não se esqueçam que as negociações foram levadas até ao extremo dos limites admissíveis.

Sobre o outro assunto... já não dou para esse peditório. Dá-me voltas ao estômago blhac!!!!!

See Also

Blog Widget by LinkWithin