sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Enriquecimento Ilícito...

Bandeira dos partidos é a quixotesca luta ao enriquecimento ilícito. O que é o enriquecimento ilícito? Até onde vai o enriquecimento ilícito? Será lícito o super enriquecimento de certas estrelas de futebol? Será lícito o super enriquecimento de certas vedetas de Hollywood? Será lícito o hiper enriquecimento de determinados super empresários? E o empobrecimento lícito será ilícito?

Será licito criminalizar um pobre trabalhador só porque tem um vaso Ming no seu poder e não tem como comprovar a sua posse? Poderá ter herdado…poderá ter achado…

E o super excesso de impostos, taxas e fiscalismo será lícito? E o uso e abuso dos dinheiros públicos para propagandas eleitorais ou para benefícios partidários, será lícito?

Se vasculharmos bem nos confins da História consideraremos sempre licitas as grandes fortunas que se criaram, as grandes propriedades que se herdaram ?

E a maioria dos grandes empresários enriqueceram ou não à custa da falta de preparação ou ignorância de grande número de trabalhadores?

Será lícito que os espertos e os inteligentes se sobreponham aos simplórios e ignorantes?

Tudo isto é muito perigoso, trata-se mesmo de terreno pantanoso…Quando se entra por este caminho, saber-se-á quando parar?

E para lá do mais, não é muito difícil perceber que a criminalidade está e estará sempre um passo à frente da lei. Os grandes criminosos, traficantes e corruptos infelizmente não deixarão de existir e saberão sempre contornar as presumíveis repressoras leis.

A restrição de direitos e liberdades individuais como a eliminação do segredo bancário será lícita?

Não será muito difícil descobrir quais irão ser realmente os verdadeiros prejudicados com este tipo de decisões…

(Bartoon de Luís Afonso in Publico)

.

5 comentários:

Isa disse...

Está tanta coisa mal que já não há ponta por onde se lhe pegue.

maria teresa disse...

Fiquei "abatida" com este artigo, "vejo" que o autor toca em múltiplos pontos chaves mas não faço a mínima ideia como se podem minimizar ( sem falar na utopia de acabar com eles) os seus nefastos efeitos.
Abracinho

CatWorld disse...

Nós infelizmente...:-(

mas é sempre o pobre que sofre e nunca o rico...

onde vamos para mesmo?! :-(

Kimbanda disse...

... Quando a lei penalizar verdadeiramente a forma ilícita de enriquecer, outras formas ilícitas serão criadas para lhe dar a volta, não tenho dúvidas. Mas convenhamos que essa nunca poderá ser razão, para nada se fazer. O fio da meada é difícil de encontrar, mas terá sempre de se começar por algum lado. E os que desses crimes vivem devem saber que entidades competentes estarão no seu encalço em vez do natural à vontade em que se movem.
A questão a ter em conta é, fazer-se lei, mas não haver fiscalização e forma de a fazer cumprir, como quase sempre acontece.

PB disse...

Totalmente de acordo.
Acrescento que gostei muito do seu blog.
Saudações

See Also

Blog Widget by LinkWithin